HTTP/1.0 200 OK Cache-Control: no-cache, private Date: Tue, 25 Jan 2022 10:31:49 GMT Blog
  • Seg a Sex: 08:00 a 18:00
  • Ave. Comandante Valodia 106, Maculusso. 917 753 834/930 703 362 | Condomínio Dolce Vita, Predio C2, Talatona. 948 771 755

Já realizou o seu check-up ginecológico este ano?

Muitas vezes as mulheres estamos tão preocupadas com os filhos, o marido, os pais, a casa, o trabalho... que deixamos nossa própria saúde de lado. No meio desta rotina, não percebemos as alterações no nosso corpo, e esquecemos que há doenças silenciosas, cujos sintomas aparecem quando já estão muito avançadas. 

Por isso, é importante realizar revisões periódicas para nos assegurarmos de que estamos saudáveis. Aqui é onde começamos a falar do check-up ginecológico.

 O que é o check-up ginecológico?

Um exame ginecológico é sobre nós, nossa saúde reprodutiva, nosso corpo. Consiste num conjunto de exames clínicos preventivos, a realizar anualmente para garantir a saúde e o bem-estar da mulher.

Ao fazê-los com esta frequência, pode-se detectar doenças em estágios precoces, mesmo antes de se apresentarem sintomas, e isso ajudará a começar com um tratamento o mais rápido possível.

Permite o entendimento de sintomas como dores, sangramentos, corrimentos, dor pélvica e qualquer outro desconforto relacionado ao sistema reprodutor feminino.

Além disso, o check-up ginecológico contribui para que você e seu parceiro tenham uma vida sexual ativa e de qualidade, que agrega benefícios à saúde.

Razões para realizar o check-up

  • Prevenção de doenças

A primeira e mais importante, sem dúvida, é a prevenção de doenças na mulher, que possibilita o rastreamento, identificação e tratamento precoce, que aumenta as chances de longevidade.

Com o check-up pode-se detectar precocemente o câncer de mama e de colo do útero. Isto é essencial porque as possibilidades de cura total dependem fundamentalmente da precocidade no seu diagnóstico.

  • Reprodução e Infertilidade

Mulheres que desejam engravidar e preparam-se para isso, precisam realizar exames, bem como, se consultarem com a ginecologista, a fim de receber orientações gerais sobre a gestação.

  • Infecções sexualmente transmissíveis

São responsáveis por infecções durante o contato íntimo, causando incômodos e complicações. Às vezes, um desconforto durante a relação sexual, pode ser um sintoma de IST, por isso, nada deve ser deixado para depois, ou interpretado como uma situação atípica.

Para tanto, são realizados exames diversos de imagem, clínicos e laboratoriais.

Quais são os exames mais frequentes dentro do check-up ginecológico?

O tipo e a quantidade de exames realizados no check-up ginecológico vai depender bastante da idade, do histórico e da condição física da mulher. O médico deve analisar, por exemplo, a atividade sexual, o ciclo menstrual, entre outros fatores. De qualquer modo, listamos os principais a seguir:

1.Ultrassonografia pélvica

É um exame de imagem em que um transdutor é colocado na barriga ou dentro da vagina (ultrassom transvaginal). Ele fornece imagens detalhadas do sistema reprodutor feminino, sendo usado para detectar doenças como a endometriose e ovários poliquísticos.

2. Papanicolau

Para detectar câncer do colo do útero, é realizado quando a vida sexual já está ativa. O ginecologista faz uma pequena raspagem do útero, cujas células coletadas são analisadas no laboratório. Dá para investigar anomalias na vagina e no útero, que podem indicar cancro, e outros problemas.

3. Exame de HPV

Pacientes com mais de 30 anos devem fazer para detectar o vírus do papiloma humano (HPV).

4. Ecografia da mama

Necessária anualmente a partir dos 40 anos, se se tiver um historial com parentes de primeira geração que tenham tido cancro da mama, este exame é vital. Permite detectar tumores mesmo abaixo de 1cm, que não seriam encontrados em um autoexame ou exame clínico.

5. Colposcopia

É um exame visual que verifica o colo uterino com a ajuda de um colposcópio que tem uma lente de aumento para encontrar lesões, manchas ou áreas anormais que não são visíveis em uma inspeção direta.

6. Rastreio de infecções

Trata-se de um exame de sangue no qual são testadas diversas doenças infecciosas. Entre elas, a candidíase, o HIV e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs).

E vocé, já realizou o seu check-up ginecológico este ano?

Comentários

Não existem comentários

cmmaximaround_icon Publicar um coméntario