Tipos de anestesia

Medo da anestesia em cirurgia plástica?

Para realizar uma intervenção cirúrgica, incluindo a estética, é necessário usar anestesia em qualquer das suas variantes. A falta de conhecimento sobre seu uso e a linha muito fina entre uma sedação e anestesia geral, ou a diferença entre uma anestesia local e uma anestesia regional, fazem com que o paciente duvide e sinta medo do desconhecido e medo de sentir dor durante uma cirurgia ou não acordar depois de terminar.

É lógico ficar nervoso quando sabemos que perderemos a consciência e a autonomia do nosso corpo ou uma parte dela, mas devemos estar confiantes de que a anestesia é um procedimento seguro e de baixo risco com as melhores e mais modernas técnicas, medicamentos e equipamentos.

O acto cirúrgico é realizado por uma equipe de trabalho; o cirurgião é responsável por executar a operação em si, enquanto o anestesista faz uma avaliação prévia do paciente, do exame físico e exames laboratoriais que lhe permitem determinar sua condição física e de acordo com o tipo de cirurgia a ser realizada, determina-se o risco cirúrgico e a técnica anestésica mais adequada a usar.

O anestesista acompanha o paciente desde o período pré-operatório e é responsável durante toda a cirurgia para garantir profundidade anestésica adequada (hipnose, amnésia, relaxamento e analgesia), controlar sinais vitais: pressão arterial, frequência cardíaca, ritmo cardíaco, função respiratória, temperatura corporal e substituição de fluidos, entre outras funções vitais.

O anestesiologista merece sua total confiança e respeito, pois garante que você tenha o maior conforto e segurança durante sua intervenção cirúrgica.

Riscos?

Nenhum procedimento médico está livre de riscos, mas estes podem ser minimizados seguindo as indicações pré-operatórias do seu anestesista e com os medicamentos anestésicos modernos e equipamentos de monitoramento trans-operatório e pós-operatório disponíveis para nós.

Tipos de anestesia utilizados na cirurgia plástica:

- Anestesia geral: perda total de consciência, isto pode ser:

     • Endotraqueal: Com a abordagem das vias aéreas.

     • Endovenousa: Sem abordar a via aérea, apenas drogas intravenosas.


- Anestesia regional: Paciente consciente. E anestesiada a região do corpo onde a operação será realizada com sedação e fornecimento de oxigênio.

         • Anestesia epidural.

         • Anestesia raquidiana.

         • Bloqueio de plexos nervosos.


- Anestesia local: Injeção anestésica na área da operação.


- Anestesia local com sedação: O oxigênio e a sedação são adicionados.


Qual anestesia usar em cada tipo de operação?

Não existe uma técnica anestésica específica para cada cirurgia, seja uma operação da mama, do abdómen, lipoaspiração, lifting, rinoplastia ou qualquer outra cirurgia estética. A anestesia a ser utilizada é determinada pelo estado físico do paciente, tipo de cirurgia e sempre com o consentimento do paciente.

Não tenha medo, tenha confiança, e a sua cirurgia será um sucesso. Tenha uma cirurgia sem memórias desagradáveis. Confie no seu anestesista, trabalhamos para sua segurança e bem-estar.