Blefaroplastia

Procedimento cirúrgico para remover o excesso de pele e bolsas de gordura das pálpebras superiores e inferiores, produzindo melhoria estética e funcional, pois ajuda a melhorar a visão e dá uma aparência mais jovem ao seu rosto.


É realizado isoladamente ou combinado com outra cirurgia facial, levando em conta que o rosto é uma unidade estética.

Quando fazer uma blefaroplastia?

Quando há flacidez da pele das pálpebras ou as bolsas de gordura são visíveis, em pacientes saudáveis, psicologicamente estáveis e conscientes dos resultados a obter com este tipo de procedimento.

Como a cirurgia é planejada?

Primeiramente agenda-se uma consulta com o cirurgião plástico onde é feita uma avaliação geral do paciente e da sua história pessoal e familiar. Os restantes passos são determinados nesta consulta, onde são explicados ao paciente os riscos e possíveis complicações deste tipo de cirurgia.

As análises pré-operatória são indicadas

A reconsulta é realizada e, se não houver contraindicações a cirurgia é agendada.

Procedimento cirúrgico:

Preparação para a cirurgia: é explicado o procedimento a ser realizado e possíveis complicações. É elaborado o termo de consentimento informado que deverá ser assinado pelo paciente

São realizadas fotografias pré-operatórias.

É feita a marcação pré-cirúrgica, onde o excesso de pele a ser eliminado é definido e onde se explica ao paciente o que acontece durante o acto operatório.

A cirurgia dura entre uma a duas horas e é realizada numa sala de cirurgia com anestesia local, estando o paciente consciente durante a operação, mas sem dor.

Pós-operatório:

  • Repouso com a cabeça erguida evitando mudanças de posição.
  • Aplicação de compressas frias de solução salina três ou quatro vezes por dia durante uma semana.
  • Analgésicos em caso de sentir dor.
  • Sem exposição ao sol (use óculos escuros).
  • Retirada da sutura após sete dias.


Resultados

Os resultados serão visíveis um mês após a cirurgia e suas cicatrizes estão escondidas nas pregas palpebrais.